segunda-feira, 28 de março de 2016

ATIRAR-SE AO MAR PARA NÃO PERDER O NAVIO

Insólito aconteceu em Santa Cruz e só não teve um desfecho trágico porque foi salva por pescadores
Uma cidadã estrangeira foi resgatada esta madrugada a 500 metros da costa de Santa Cruz, na zona de São Pedro, por pescadores que nessa altura passavam numa embarcação. Suspeitando que nesse instante teriam ouvindo gritos, a tripulação rapidamente desligou os motores do barco e tentou aferir se a desconfiança era mesmo realidade. E era. 
Ao DIÁRIO, Felix Marques, comandante da Zona Marítima da Madeira, confirmou esta ocorrência explicando que este inusitado acontecimento apresenta contornos rocambolescos, uma vez que a turista de 65 anos, após ter verificado que perdera a saída do navio (Marco Polo) da Pontinha, no qual chegara à Madeira, deslocou-se até Santa Cruz, e vendo que o navio cruzeiro cruzava o mar, resolveu atirar-se deliberadamente no seu encalce. Escusado será dizer que após ter nadado várias horas o seu objectivo não foi concretizado e acabou hospitalizada com sinais de cansaço e de hipotermia. 
D. Noticias de 28/03/2016

Sem comentários:

Enviar um comentário