domingo, 20 de novembro de 2011

NAVIO ANGRA DO HEROÍSMO - EX-ISRAEL

O navio "Angra do Heroísmo" na Baia do Funchal


26/4/1966 - Lisboa
Reuniu-se hoje a Assembleia Geral Extraordinária da Empresa Insulana de Navegação - E.I.N., que aprovou a compra do navio Israel-ZIM. Tem como características principais, as suas 9.831 T., uma velocidade máxima de 19 nós e alojamento para 323 passageiros, bem como espaço para 5.000 T de carga. Construido em Hamburgo em 1956, terá como comandante António Silva Bagão Júnior que transitou do navio Carvalho Araújo.

Em 27 do mesmo mês e ano, foi arvorada a bandeira portuguesa.
N.R. - Não nos surpreendeu a escolha feita pela Impresa Insulana de Navegação ao designar para o comando do novo paquete "Angra do Heroísmo", o capitão António da Silva Bagão Júnior.
Marinheiro nado, profundo conhecedor do mar que há muitos anos percorre, o Sr. Comandante Bagão, pelos primores do seu carácter, integridade de proceder e excelente folha de serviços prestados àquela empresa, estava naturalmente indicado para o comando da nova emagnifica unidade recentemente adquirida pela Insulana.

É com sincero regozijo que tomamos conhecimento das novas funções do Sr. Comandante Bagão, porque a par da honrosa distinção que lhe concedeu a Empresa Insulana de Navegação, reconhecendo os seus méritos e o seu valor como homem do mar, dá-nos também a possibilidade de continuarmos a ter por vezes entre nós, o prazer do seu convívio franco, lhano e agradável.

Ao felicitarmos o Sr.Comandante Bagão, por ter sido o escolhido para comandar uma unidade que vem assegurar melhores ligações com a capital, com os benefícios e vantagens para os povos ilhéus, queremos também felicitar a Empresa Insulana de Navegação pelça criteriosa escolha  pelo desejo de dotar a Madeira com uma rede de ligações que virão facilitar o progresso desta terra e o bem-estar do seu povo.

Diário de Noticias da Madeira de 29/4/1966 pag. 1  6     

Sem comentários:

Enviar um comentário